quarta-feira, 6 de Agosto de 2014

O Factor C: Criatividade e Criação Musical

Fui convidado a escrever um artigo pelo MAPA, que foi publicado em Fevereiro de 2014.

Por razões que me são desconhecidas, o artigo já não se encontra disponível, mas tive a sorte de o encontrar na cache do Google.

O texto que se segue responde a muitas questões que me costumam fazer. Espero que te seja útil!

___

Quem nunca teve um bloqueio criativo que atire a primeira pedra!
Todos nós criamos, inclusive quem não faz música ou outras artes. É frustrante quando temos que criar algo e não sai nada. A Wikipédia revela que “O writer’s block pode estar intimamente relacionado à depressão e à ansiedade”, mas tanto a depressão como a ansiedade podem ser usadas a favor do processo criativo (ler mais à frente).
A melhor “cunha” para melhorar e aumentar a criatividade é a inspiração. Não está à venda nas lojas, não dá para encomendar online, nem se arranja no mercado negro. Mas será assim tão difícil de obter? Como a conseguimos?

Mudar de ambiente
Viaja, conhece novas pessoas, submete-te a novas experiências! Sai de casa, vai correr ou andar de bicicleta mesmo que esteja a chover! O exercício físico espevita o cérebro e não é por acaso que a frase “Mente sã em corpo são” faz sentido.
Ouve música nova, lê um bom livro, vê um filme ou um documentário inspirador (há TED Talks muito interessantes), vai dar um passeio, faz meditação e inspira! Faz algo que gostas bastante, mas que seja diferente do habitual.
A mudança de ambiente e de rotina são essenciais. Funcionam como intervalos que te distraem da pressão de criar algo e geram criatividade espontânea de uma forma muito natural.

Fluidez de trabalho (a.k.a. Workflow)
Quanto tempo demoras para começar a gravar uma ideia criativa? Músico prevenido vale por dois! Se tens um tema espectacular para uma letra, uma linha melódica fantástica para o baixo ou uma progressão de acordes muito fixe que surgiu de repente, grava-a imediatamente! Um smartphone é portátil e muito eficiente. Instala o Easy Voice Recorder para gravar ideias musicais, e o Evernote para escrever letras e apontamentos (este artigo começou por ser escrito no Evernote).
Se precisares de gravar em casa, cria um template no teu programa de música com as faixas configuradas e prontas para gravar ao primeiro take. Não te preocupes em gravar perfeito e dá uma hipótese a alguns “erros” de gravação, pois podem ser ideias interessantes. “Uma vez é um erro, duas vezes é um arranjo, três vezes é jazz!” :-)

A depressão* e a ansiedade podem ser produtivas
Geralmente, quando um músico se sente inspirado, ou está extremamente contente ou extremamente triste. São estes dois estágios que mais nos fazem criar, e estão associados aos assuntos do coração: “sinto a tua falta”, “não paro de pensar em ti”, “magoaste-me demais”, “fazes-me sorrir” e outras frases, apesar de gastas, continuam a ser usadas em muita música que se faz por aí. Este assunto é abordado em mais de 80% das letras, porque é o mais fácil de explorar no processo criativo. As emoções, positivas ou negativas, são responsáveis pela criação das músicas que mais nos tocam. A ansiedade pode ser um veículo efectivo para descarregar numa letra de intervenção ou num break de bateria intenso!
Não te deixes dominar pelas emoções. Usa-as para novas criações.
[* – Depressão como estado emocional, não como transtorno mental]

Deixa-te ir
Faz qualquer coisa. Não julgues nem analises o que começaste a fazer, nem procures a perfeição. Não bloqueies tudo o que aparece no início, mesmo que te soe a flatulência mental. Essa base poderá dar origem a algo bastante interessante e pode ser um veículo inspirador.
Experimenta, explora, faz uso do pensamento divergente. Insere outras ideias, muda os instrumentos, muda a estrutura, ou vira tudo ao contrário só para ver como fica! E não interrompas essa inspiração! Desliga o som do telemóvel e a internet, se for necessário.
No dia ou semana seguinte, analisa então o que fizeste e escolhe as melhores partes.

Simplificar gera criatividade
A era digital em que vivemos dá-nos muitas possibilidades, já para não falar do ‘ctrl+z’ em quase todas elas. Quanto mais possibilidades de escolha temos, mais tempo demoramos a decidir. É mais fácil escolher entre cinco opções do que entre 50. Se propusermos algumas limitações, activamos a criatividade. Podes usar só a guitarra para gravar todas as faixas, ou gravar um máximo de quatro faixas, ou fazer um solo numa só oitava, ou um refrão com apenas quatro notas (fiz este último numa música e o resultado surpreendeu)…
Propor limitações acelera a criatividade e torna o desafio mais divertido. Para além de simplificar todo o processo, ajuda-te a chegar mais depressa ao fim.

Persistência, mas com bom senso
Esforça-te por terminar uma música, mas não forces. Não és obrigado a terminar cada música num dia, numa semana, num mês ou até num ano! Às vezes vale a pena “deixar a massa a descansar”, mas se demorares demasiado tempo, o sentido da música poderá desvanecer-se!
No entanto, nem tudo o que começaste tem que ficar concluído. Por vezes, mais vale começar algo novo do que gastar demasiado tempo a corrigir algo que não está a soar bem.
Se gostas de desafios, espreita este!

Faz batota
Se, mesmo depois disto tudo, não sabes por onde começar, faz “batota”! Usa acordes de outras músicas e insere uma melodia diferente (espreita este exemplo); pega numa melodia conhecida, altera algumas notas e usa diferentes acordes; ou altera o tempo de um break de bateria e faz uma nova música! Usar material alheio não é plágio se o alterares ao ponto de ficar irreconhecível. Como é óbvio, não convém fazer igual… E se disseres que usaste o trabalho de outro autor como fonte de inspiração, só te fica bem!
Podes usar um dicionário de rimas, de sinónimos e pesquisar no Google para confirmar o significado de determinada palavra ou expressão que queres escrever. São ferramentas úteis e existem para serem utilizadas.
O Band-in-a-Box é muito bom para criar e testar novas ideias em diversos géneros musicais, para além de ser musicalmente educativo. O Finale tem plug-ins de Scoring and Arranging para harmonizar as tuas melodias, e há muitos outros programas que te poderão assistir no processo de composição. É claro que o computador vai sugerir notas ao lado, mas aqui o objectivo é aproveitar as melhores partes e não dar importância às que não funcionam. Afinal de contas, és tu o (a) compositor(a)!
A inspiração não é difícil de obter! Basta usares algumas destas sugestões….
Ficaste inspirado? Então toca a CRIAR!

Quais são as tuas estratégias para obter inspiração? Partilha com a malta!
P.S.: Procuro sugestões para escrever novos artigos relacionados com a temática da música. Se tens alguma questão interessante que gostarias de ser abordada, comenta este tópico.
Autor: Samuel Velho (Multi-instrumentista, Cantautor, Engenheiro de Som e Professor de Música)

segunda-feira, 18 de Junho de 2012

PRESS RELEASE: Crowdfunding based campain for the debut CD “Fractais”

SAMUEL VELHO:
Crowdfunding based campain for the debut CD “Fractais”
Samuel Velhohttp://ppl.com.pt/en/prj/fractais

 
Samuel Velho was born in Lisbon, grew up in Ribatejo an lives in Castelo Branco. He decided to create a solo project (Indie Rock Celtic) by suggestion and influence of his teacher, friend and recognized producer Mário Barreiros. The music portrays a rock essence with Portuguese lyrics, acoustic guitar to create a storytelling atmosphere, flute has an innovative element to bring a celtic flavor, in addition to drums, bass and keyboards, all composed, performed and produced by himself. The songs are ear-candy and reflect interventional influences in a incongruous society, as well as nostalgic passions and moments experienced by the songwriter. In this project, there is applied knowledge acquired at the Conservatory, at the degree of Electronic Music and Music Production (where he received an award for best student), and at the bachelor of Music Education that he's finishing.

Already in itself it is a project with unique sound and merit: for the artistic ambition, dedication and commitment that lining it, but also for the honesty and transparency presented by Samuel on the site www.PPL.com.pt, in the presentation of his crowdfunding campaign, as a young independent artist.

The concept of Crowdfunding, well-established out there (in the U.S., the artist Amanda Palmer raised over a million dollars based on 22,000 fans), only now begins to be known in Portugal, with recently successful campaigns with Mazgani (alternative songwriter), Capitão Capitão (Portuguese folk-rock) and Luis Tinoco (erudite music, with the participation of the Gulbenkian Orchestra). Primitive Reason also marked his return this year with a crowdfunding campaign, still ongoing at the site PPL.com.pt.

This concept, in addition to ensuring the financial autonomy of young artists, is directly associated with the concept of Samuel Velho's debut album "Fractais". The album title was chosen by the "crowd", with the CD cover in a competition on the social network Facebook, and translates the concept of a multiple representation of itself, well reflected in the participation of supporters of a crowdfunding project that aims to produce an independent disk. The supporters involved in the production of the work, becoming "de facto" in the true artist's publisher. They buy out pre-purchases, acquire concerts, and also raise other supporters.

Some people say that Crowdfunding and artists such as Samuel Velho are from the future, are yet to come. But no. The future is now and Crowdfunding arrived in Portugal with the PPL platform and the Samuel Velho's debut album. Spread the word.


http://ppl.com.pt/en/prj/fractais

http://www.facebook.com/SamuelVelhoMusic

PR Contact: Nuno Saraiva, Consulting, SCL-Agency.com
910 143 968 pt.music.consulting@gmail.com

About PPL:
http://ppl.com.pt/
PPL is accredited by Crowdsourcing.org, the industry reference for crowdsourcing and crowdfunding, with the CAPS (Crowdfunding Accreditation for Platform Standards). This accreditation program is based on four criteria categories: operational transparency, security of information and payments, platform functionality and operational procedures.

sexta-feira, 15 de Junho de 2012

PRESS RELEASE: Campanha de disco Debut “Fractais” com base no Crowdfunding

SAMUEL VELHO:
Campanha de disco Debut “Fractais” com base no Crowdfunding
Samuel Velhohttp://ppl.com.pt/prj/fractais

Samuel Velho nasceu em Lisboa, cresceu no Ribatejo e vive actualmente em Castelo Branco. Decide-se a elaborar um projecto a solo (Indie Rock Céltico) por sugestão e influência do seu professor, amigo e reconhecido produtor Mário Barreiros. A música retrata uma essência rock com letras em português, guitarra acústica para criar um ambiente de contar histórias, flauta transversal como elemento inovador a dar um aroma céltico, para além da bateria, baixo e teclados, tudo composto, tocado e produzido pelo próprio. As canções entram no ouvido e reflectem influências interventivas numa sociedade incongruente, para além de paixões saudosistas e momentos vivenciados pelo cantautor. São aplicados neste projecto os conhecimentos adquiridos no Conservatório, na licenciatura de Música Electrónica e Produção Musical (onde recebeu um prémio de melhor aluno) e na licenciatura de Formação Musical que está a terminar.

Já por si só, trata-se de um projecto com uma sonoridade e mérito únicos: pela ambição artística, pela dedicação e empenho que a revestem; mas também pela honestidade e transparência com que Samuel se apresenta, no site www.PPL.com.pt, na apresentação da sua campanha de Crowdfunding, ou financiamento colectivo, como jovem artista independente.

O conceito do Crowdfunding, bem estabelecido lá fora (nos EUA a artista Amanda Palmer angariou mais de um milhão de dólares com base em 22 000 fãs), só agora começa a dar que falar em Portugal, com campanhas recentemente bem sucedidas de Mazgani (songwriter alternativo), Capitão Capitão (folk-rock Português) e Luís Tinoco (música erudita, com a participação da Orquestra Gulbenkian). Também os Primitive Reason assinalaram o seu regresso este ano com uma campanha de Crowdfunding, ainda a decorrer no site PPL.com.pt.

É um conceito que, para além de assegurar a autonomia financeira de jovens artistas, associa-se de forma directa com o conceito do disco debut “Fractais” de Samuel Velho. O título do álbum foi escolhido pelo “crowd”, com capa a concurso na rede social Facebook, e traduz o conceito de uma representação múltipla de si própria, bem reflectida na participação dos apoiantes de um projecto de Crowdfunding que almeja produzir um disco independente. Os apoiantes participam na produção do trabalho, tornando-se “de facto” na verdadeira editora do artista. Efectuam pré-compras, adquirem concertos, e angariam ainda outros apoiantes.

Há quem diga que o Crowdfunding e artistas como Samuel Velho são do futuro, que estão ainda para vir. Mas não. O futuro é agora e o Crowdfunding chegou a Portugal com a plataforma PPL e o disco debut de Samuel Velho. Espalhem a palavra.
http://ppl.com.pt/pt/prj/fractais

http://www.facebook.com/SamuelVelhoMusic

Contacto PR: Nuno Saraiva, Consultor, SCL-Agency.com
910 143 968 pt.music.consulting@gmail.com

Sobre a PPL:
http://ppl.com.pt/
A PPL é acreditada pela Crowdsourcing.org, a referência na indústria de Crowdsourcing e Crowdfunding, segundo o CAPS (Crowdfunding Accreditation for Platform Standards). Este programa avalia as operações da plataforma nos seguintes critérios: transparência operacional, segurança da informação e pagamentos, funcionalidade da plataforma e procedimentos operacionais.

quinta-feira, 3 de Maio de 2012

Crowdfunding - English Translation

This is the English version of the main text presentation for the crowdfunding of my next album, "Fractais".

Hello! My name is Samuel Velho and I'm an independent musician.
www.facebook.com/SamuelVelhoMusic | www.MySpace.com/SamuelVelho
In this solo project (Indie Rock Celtic in Portuguese) I sing lead and background vocals, I play the electro-acoustic guitar, electric guitar, western concert flute, drums, electric bass, keyboard and other instruments needed for the songs. I record in my home studio, and I also mix and master the songs, allowing me to release an album with a very low budget.

The original album "Fractais" was not released yet because of lack of financial funding. I'm not signed with any label, promoter, and I don't have any kind of sponsorship. I communicate regularly with people that like the music I make, who directly support this project. For this reason, the title "Fractais" was chosen by public vote on Facebook. Nowadays, the record industry is concerned only about making money, not taking into consideration their clients, artists and their fans, nor the music or art in general. In return, the artist can share his work directly to those who enjoy it, thus keeping a close connection and mutual interest.

It was launched, on Facebook, a contest for the cover of the CD "Fractais". Anyone can vote on the cover of their preference, by clicking here. In order for the participants to know more about the project and to get inspiration for their works, the CD "Ante-Estreia" was released in 2011, with 4 original songs plus 3 bonus original tracks. Can be heard entirely here.

I'm counting on the support of everyone interested for this project to proceed and survive. Supporters will have their name on the album "Fractais", in the gratitude section.

By supporting this project, you are always rewarded, according to the contributions border on the right. The rewards in digital format can be delivered before the total project funding, by simply contacting me. If  the CD "Ante-Estreia" is not in stock, it will be delivered in high quality digital format. The physical rewards will be delivered personally or by mail, charging only the shipping value. You can also download four free songs here, with no obligation to support this project.

By investing in this project, taking the rewards into account, you are doing a pre-purchase of the CD, t-shirt, custom fractal* and/or private concert.

* The custom fractal is a special gift for the most generous supporters. It will be created by me, taking into account the supporter's taste, like favorite colors and desired shapes. The image will be delivered in high resolution digital format, and may be used as a wallpaper, or printed and framed.

Please spread this initiative and share it with your friends, personally and on social networks.

Expected launch for the album: Summer 2012.

A big, sincere and heartfelt thanks for all the attention.
Thank you!
Samuel Velho
______________________
Rewards
5 €CD "Ante-Estreia" [digital format]
10 €CD "Ante-Estreia" [digital format] + CD "Fractais" autographed
25 €CD "Ante-Estreia" [digital format] + 2 CDs "Fractais" autographed + CD "Ante-Estreia" autographed
35 €CD "Ante-Estreia" [digital format] + 2 CDs "Fractais" autographed + CD "Ante-Estreia" autographed + T-shirt + custom Fractal
50 €CD "Ante-Estreia" [digital format] + 3 CDs "Fractais" autographed + CD "Ante-Estreia" autographed + 2 T-shirts + custom Fractal
175 €CD "Ante-Estreia" [digital format] + 3 CDs "Fractais" autographed + CD "Ante-Estreia" autographed + 2 T-shirts + custom Fractal + Private Concert (1h)


Link (it doesn't exist yet. Update in a few days).

sexta-feira, 27 de Janeiro de 2012

Acesso à Lista Exclusiva


ComScore


English translation HERE

Clica no botão "Get it Now" aqui em cima ↑

e insere o teu e-mail ou entra pelo Facebook


Se não conseguires aceder à aplicação acima, clica aqui.

Esta inscrição dá-te acesso a:
- Download gratuito de músicas e vídeos
- Ofertas exclusivas ao responder a certas perguntas, ou usando códigos promocionais
- Velho Jornal, jornal digital de divulgação artística
- Datas de concertos e lançamentos
- Dicas musicais, naturais e existenciais

Os teus dados não são divulgados a terceiros, e não será enviado lixo electrónico, até por uma questão de respeito. Ao entrares nesta mailing-list, recebes notícias e ofertas exclusivas, por acompanhares de perto este projecto musical. Podes-te remover em qualquer altura, num só clique, sem perguntas.
A tua inscrição obedece a um rigoroso controlo de privacidade.
Podes consulta-la em Inglês, ou em Português (usando o Google Translate).

quinta-feira, 26 de Janeiro de 2012

Access to the Exclusive List


ComScore

Click the "Get it Now" button on top ↑

enter you're e-mail or join with Facebook

If you cannot access the application at the bottom, click here.


This subscription gives you access to:

- Free Download of music and videos
- Exclusive gifts by answering to some questions, or by using promotional codes
- Velho Jornal, digital journal about art news
- Dates about concerts and releases
- Tips about musical, natural and existential topics

Your information is not shared with others, and will not be sent junk mail, also as a matter of respect. When you join this mailing list, you receive news and exclusive offers for following closely this musical project. You can remove yourself at any time, in a single click, no questions asked.
You're subscription obeys to a rigorous privacy policy. Read it here

sexta-feira, 6 de Janeiro de 2012

Velho Jornal Nº 1

A primeiríssima edição!!!
Clica aqui para acederes e sacares o pdf, ou clica em qualquer local da imagem.

sexta-feira, 2 de Setembro de 2011

Player

Dowloads gratuitos:
www.tiny.cc/velhojornal




CD completo:
www.samuelvelho.bandcamp.com

Ganha um Ante-Estreia por dia

Estou a oferecer ANTE-ESTREIAs todos os dias em:
www.facebook.com/SamuelVelhoMusic

Participa ;)

domingo, 28 de Agosto de 2011

CD Físico já à venda

Para além de os vender de mão em mão e nos concertos, estou também a vender os CDs por Portugal inteiro, pelos correios.
Ouve o CD inteiro antes de o comprares, e tens direito a download imediato do Ante-Estreia após a compra. Mais informações em http://samuelvelho.bandcamp.com





O Ante-Estreia custa 7€, CD físico.
Os primeiros 30 estão a 5€!!!!!!!
(portes de envio não incluídos)

Venda por correio para todo o país:
Envia e-mail para
samuelvelhomusic@gmail.com
intitulado COMPRA ANTE-ESTREIA com:
- Primeiro e último nome
- Quantidade
- Morada

Podes fazer download gratuito de duas músicas (incluindo o single "Se Me Conseguires Ver") em www.reverbnation.com/samuelvelho

Seguir este Blogue por e-mail

Comment with Facebook!